13
jan

Pânico


 SINDROME DO PÂNICO?

O transtorno do pânico é uma doença crônica, caracterizado pela presença de ataques súbitos de ansiedade, acompanhados de sintomas físicos e afetivos, do medo de ter um novo ataque de pânico e da evitação de locais onde já ocorreram ataques de pânico. Normalmente inicia-se no final da adolescência ou inicio da vida adulta.download

 

 SINTOMAS DE UMA CRISE DE PÂNICO?

  1. Palpitações (98%)
  2. Medo de morrer durante a crise (97%)
  3. Tonturas (95%)
  4. Sudorese (mãos suadas) 93%
  5. Tremores pelo corpo 93 %
  6. Medo de perder o controle ou ficar louco 90%

Também podem ocorrer outros sintomas com menor incidência como dor no peito, arrepios, desrealização, despersonalização e sensações de desmaio.

 

 ANSIEDADE / ESTRESSE?

A primeira crise de pânico está relacionada com situações estressoras. Algumas circunstâncias costumam ser relatadas pelos pacientes quando questionados sobre sua primeira crise de pânico, como eventos de vida negativos, incluindo perda ou doença de alguém significativo, estresse relacionado ao trabalho, separações, conflitos domésticos ou interpessoais intensos.

 

COGNITIVO COMPORTAMENTAL 

O tratamento cognitivo comportamental apresenta excelentes resultados na cura do transtorno do pânico, atuando na prevenção de futuras crises, prolongando o intervalo entre elas e prevenindo futuros ataques. Com a utilização do BIOFEEBACK, o paciente terá a oportunidade de se expor as situações temidas sem precisar sair do consultório. É importante ressaltar que o empenho e a dedicação do paciente no tratamento são essenciais para atingirmos o sucesso.

 TRATAMENTO

É importante ressaltar que os remédios antidepressivos têm apresentado bastante eficácia no tratamento do transtorno do Pânico quando associados à Terapia Cognitivo Comportamental. os resultados do tratamento cognitivo comportamental pode ser acelerado se for associado ao medicamento.


Deixe uma resposta